Duas empresas estudam se instalar em Carapebus

por Tania Maria Garabini publicado 02/09/2021 14h45, última modificação 03/09/2021 09h07
Mourão levou empresários para conversar com o prefeito e secretariado

A oportunidade de empresas de fabricação de abrasivo e prestação de serviço – ambas do setor offshore – se instalar em Carapebus é grande, já que a primeira conversação entre os empresários, o vereador Marcelo Mourão e o prefeito interino, Leandro Drumond Esteves e secretários, na manhã desta quinta-feira (02) no gabinete da Prefeitura foi altamente positiva e já está sendo agendada a segunda reunião, para a formalização documental da proposta de instalação. Para Marcelo Mourão esse primeiro contato foi positivo e vai de encontro a necessidade de oferta de empregos para o carapebuense, bem como reforço na economia local.

Para as empresas, os incentivos são área industrial com isenção fiscal, baixa taxa de impostos de serviço, mão de obra e proximidade com Cabiúnas e parte industrial de Macaé – ponto de interesse dos grupos empresariais. À Prefeitura essas instalações significarão mais emprego, crescimento econômico e visibilidade empresarial, podendo atrair mais empresas do ramo offshore para a cidade.

O vereador Marcelo Mourão em sua fala na reunião lembrou que sua campanha e proposta política está voltada para a criação de empregos, qualificação de mão de obra e criar oportunidades econômicas que permitirão o crescimento da cidade. “Os empresários Gustavo, Renata e Thiago são da área offshore e viram a oportunidade de somarmos força, agregando o que a cidade tem a oferecer ao das empresas. Tenho certeza que, o prefeito Dandinho, o secretário Luiz Victor, de administração e os demais tem interesse em trazer novas empresas para a cidade e ampliar a oferta de emprego e qualificação para o cidadão”.

O empresário Gustavo Leite, da ANG pretende instalar na cidade, uma firma em que será oferecida prestação de serviço para o ramo offshore. Atualmente ele já tem 160 pessoas prestando serviços em Macaé, oriundos de outras localidades. Gustavo busca junto à prefeitura uma área que possa abrigar todo o setor de logística, como o escritório. Sua empresa ainda qualifica a mão de obra empregada.

Fábrica Selo Verde

Os sócios Thiago e Flávia Renata Ferreira mostraram interesse em instalar em Carapebus, uma fábrica de abrasivo. Será a primeira na região e no Estado. A empresa, além do oferecimento de emprego para dezenas de carapebuenses, ainda contribuirá econômica e ecologicamente, pois tem o selo Verde, portanto benéfica para o meio ambiente. O SELO VERDE é uma certificação socioambiental concedida a instituições públicas e privadas que buscam a sustentabilidade em todos os seus negócios.

Os empresários possuem em Rio das Ostras, firma instalada em sede própria oferecendo jateamento a seco, com a maior área de confinamento para esse fim. Thiago e Flávia Renata viram em Carapebus, o potencial de mercado para a instalação desse novo ramo empresarial tanto na logística, localização como mão de obra disponível. “Já foi feito um estudo em que se detectou que a instalações das usinas, a revitalização dos poços maduros da Bacia de Campos trouxe um novo alento econômico para Macaé. Novas empresas de grande porte estarão se instalado e as cidades circunvizinhas se beneficiarão. Para nós empresários buscar lugares que nos ofereçam oportunidade de crescer e participar do desenvolvimento econômico da cidade é de suma importância”, finalizou Flávia Renata.