Plano de cargos e salário da guarda é aprovado na Câmara

por Tania Maria Garabini publicado 27/08/2021 15h58, última modificação 27/08/2021 15h58
Vários benefícios foram incluídos com apoio dos vereadores

Carga horário de 24hs de trabalho por 96 horas de descanso, criação de níveis para os guardas municipais, progressão funcional a cada cinco anos de trabalho ininterrupto e sem punição, aumento no piso salarial, gratificação de 20% sobre o salário base do mês, quando não receber punição ou apresentar falta. Esses são alguns dos benefícios conquistados pela categoria, muitos deles através dos vereadores que essas mudanças baseadas na proposta dos representantes classistas.

O presidente da Câmara, vereador Kelver JJ mostrou-se satisfeito com o resultado e parabenizou aos colegas vereadores e os representantes da Guarda Municipal pelo trabalho em conjunto pelas mudanças e melhorias recebida. Na oportunidade, cumprimentou o comandante Aquino, atual gestor da Guarda, a quem ele considera amigo. “Você está de parabéns pelo trabalho que vem executando. Os elogios são muitos para você e os comandados. E eu tenho uma longa história com os membros da guardas, antes mesmo de eu ser da política. Sempre fui bem atendido”, enfatizou. Agradeceu também aos ex-comandantes da guarda Borjão e Borginho pelo apoio sempre a ele prestado.

Ainda em sua fala, parabenizou a ex-prefeita Christiane Cordeiro e o interino Leandro Dandinho Drumond. A primeiro por empenhar sua palavra de que enviaria a mensagem do plano para que os vereadores pudessem votar e Dandinho por agilizar esse processo, já que não tem um mês de mandato a frente do poder Executivo. E lembrou no final que a Câmara estará sempre aberta para atender não somente as reivindicações das categorias trabalhistas, mas principalmente da população.

Tânia agradece a Christiane

A vereadora Tânia Cabral agradeceu também à Christiane Cordeiro e Dandinho pelo esforço em colocar para votação o plano de cargos e salários. “Há poucos meses estive com a prefeita e ela me assegurou que encaminharia à Câmara a matéria para votação. Faltava apenas alguns ajustes jurídicos. Ela foi categórica em afirmar que era uma questão de honra para ela, dar o que a categoria vinha lutando há tantos anos”. Para Tânia Cabral, Christiane falou e cumpriu com seu compromisso. O mesmo é Dandinho, que em poucos dias, encaminhou o projeto para análise e votação na Câmara.

“Ele foi muito sensível ao apelo de Christiane que deseja ver a categoria atendida. Para completar, tivemos uma reunião entre vereadores e guardas, onde chegamos um denominador comum que atenda a categoria no que é de seu direito”. Tânia Cabral que é presidente da Comissão permanente de Justiça da Câmara fez um pequeno detalhamento dos benefícios permanentes que os guardas passarão a ter com o plano em vigor.

Lembrou que, todas as melhorias financeiras dependerão também de o município estar dentro de sua previsão orçamentária anual. Uma delas é de que o guarda a cada cinco anos terá um acréscimo de 5% em sua progressão funcional. Outra é de que se estiver cedido, nomeado ou exercer função sindical ou mesmo política não perderá esses anos em sua progressão funcional.